Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018




(81)99276-6823

Hora Certa
No Ar
Freqüência Máxima com Marta Lucia
Peça sua Música

  • Luzinete maria do nascimento
    Cidade: SAO VICENTE FERRER
    Música: chuva no telhado com Leandro e Leonardo
  • Camila
    Cidade: São Vicente Ferrer
    Música: Pare e Pense - Diego e Marcel
  • Costa pro Mar
    Cidade: Natuba
    Música: Pacato cidadão
  • poliano dos teclados
    Cidade: rio de janeiro
    Música: lucia avoz ramantica trem azum
  • poliano dos teclados
    Cidade: rio de janeiro
    Música: marilia mendoça ferecer minha mae marinalva e td
  • Luzinete maria
    Cidade: São Vicente Ferrer
    Música: São Vicente Ferrer
Publicidade Lateral
Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 49630 Usuários Online: 39


Brasil

Publicada em 22/02/17 as 12:19h - 154 visualizações
É preso suposto autor de incendiar ônibus escolar em Macaparana: E vereador de Macaparana pode estar envolvido.

Rádio RCM FM 87,9 MHz


 (Foto: Rádio RCM FM 87,9 MHz )
Na foto Suposto autor do incêndio do ônibus escolar e o Vereador Josias Alexandre (PMDB) 


Foi efetuado na última terça-feira 22, a prisão do autor do envolvimento do  incêndio ao um veículo (ônibus) escolar da prefeitura do município de Macaparana á 120 Km da capital pernambucana.   


A Policia Militar do estado realizou a prisão do jovem Jonaldo da Silva Lima conhecido como o "Vulgo Bubu" com idade não informada. A prisão foi efetuada na comunidade Vila das Pimentas no município, por volta das 11:45 da manhã horário de Brasília. Pelo Sargento Elias, o Cabo Maureci e através do Saldado Tomé.   


O ato criminoso (Vandalismo) aconteceu na última madrugada do sábado 18, para o último domingo 19. No mesmo local onde foi realizada a prisão do autor do crime "Vila das Pimentas".


Jonaldo da Silva Lima já estava com passagens compradas para o Oeste de São Paulo, o seu voou estava marcado para esta quarta-feira 22, viagem esta que não foi possui, felizmente devido a sua prisão. "informou que um tal de Harllan, dono de um bar na vila das Pimentas, chamou o mesmo e disse que t eria um negócio bom para eles e quando o mesmo chegou no local combinado estava uma caminhoneta cabine dupla prata e o ocupante seria a pessoa do vereador Josias Alexandre, que ofereceu R$ 200,00 Reais para o envolvido botar fogo no ônibus da Prefeitura".


Foi usada "uma bolsa plástica que estava próximo do ônibus, colocou fogo e jogou no banco do ônibus, dando início assim ao incêndio criminoso", relata outro trecho do B.O.

 A prefeitura de macaparana chegou a oferecer R$ 10.000,00 Reais por informações verídicas.


De acordo com o Código Penal (Lei Nº 2.848/40) Danos a Patrimônio Público é crime e pode ocasionar  detenção, de 6 (seis) meses a 3 (três) anos, e multa, além da pena correspondente á violência. 


SOBRE O ENVOLMENTO DO VEREADOR JOSIAS ALEXANDRE:         


O vereador Josias Alexandre foi procurado pela imprensa local, para o mesmo prestar esclarecimento e fazer sua devesa. 

"Eu quero dizer que estou indignado com essas falsas acusações. Sempre trabalhei pelo bem de Macaparana. Estou no quarto mandato de vereador e nunca me envolvi em nada que manchasse meu nome"disse o vereador.

O mesmo informou a imprensa local, que em momento algum teve contato com os dois rapazes. Devido o acidente que o parlamentar sofreu, no último dia 03 de janeiro sua locomoção está limitada. Veja "Eu quero dizer que estou indignado com essas falsas acusações. Sempre trabalhei pelo bem de Macaparana. Estou no quarto mandato de vereador e nunca me envolvi em nada que manchasse meu nome"

SOBRE O OUTRO ACUSADO "José Harllan"

O acusado esclareceu a imprensa local, Harllan negou qualquer tipo de envolvimento no caso e disse que o único contato que tinha com o rapaz era porque vez ou outra o imputado iria beber no seu bar.

 "Esse rapaz apareceu em meu bar por volta das 12h da tarde comprou uma Skol Latão e saiu, pois já tinha aparecido umas quatros vezes. Comprava e saia. Não tenho nenhuma intimidade com ele (o suposto autor do incêndio), até por que faz pouco tempo que ele está na cidade, ele estava no Rio (de Janeiro). Por volta das 18h da tarde ele voltou e comprou mais um Latão de Skol e um cigarro e não apareceu mais e nesse período da noite meu bar estava com duas mesas ocupadas com testemunha que esse rapaz não apareceu lá. Por volta da meia noite fechei o bar e fui como sempre faço, final de semana, sair com minha esposa e alguns amigos. Fui para São Vicente (Férrer) para um churrasquinho que está localizado na pracinha onde fica os taxistas de lá e fiquei até as 2:00 da manhã, pois o pai do meu colega que estava comigo ligou falando do acontecido, nós até nos espantamos pois pensamos que era mais um roubo de banco, mas em seguida minha mãe me ligou dizendo que botaram fogo no ônibus que meu pai dirigi na entrada da Vila. Quando chegamos, todos que estavam comigo e são residentes da Vila, nós vimos a fumaça", disse Harllan, confirmando o que foi dito em depoimento.
"Não tenho nenhuma intimidade com Josias! Conheço ele pois é uma pessoa pública. A última vez que vi Josias foi no sepultamento de Luiz Carlos (ex presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Macaparana, falecido em setembro de 2016)".

 José Harllan disse que esta sendo vitima de uma armação.
O vereador Josias Alexandre não foi convocado a prestar esclarecimentos. Na Depol José Harllan prestou depoimento e foi liberado. Já Bubu teve prisão preventiva decretada após assumir a autoria do crime e foi recolhido para Cadeia Pública de Macaparana.


Informações da Policia Militar de Pernambuco e Blog do Adilson Carlos

Fonte: BLOG PORTAL VICENTINO 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Parceiros

Copyright (c) 2018 - Rádio RCM FM 87,9 MHz - Todos os direitos reservados